domingo, julho 14, 2024

Um presente para Fortaleza: Biblioteca Pública Estadual do Ceará inicia atividades online

Durante o mês de abril, a Biblioteca Pública Estadual do Ceará realiza um ciclo de encontros com representantes dos movimentos, coletividades e entidades do campo do livro, da leitura, da literatura e bibliotecas. A ideia é estabelecer um canal de escuta sensível e acolher propostas e sugestões para implementação de ações no âmbito dos eixos de atuação e programas da Biblioteca.

A programação foi apresentada durante uma live realizada no dia 13 de abril, em meio às comemorações do aniversário da cidade de Fortaleza. Na ocasião, também foram apresentados o novo conceito da biblioteca, suas diretrizes e suas linhas de atuação.

A programação contempla oficinas de criação e mediação de leitura, o programa “Histórias de quem lê”, com convidados que revelam trajetórias de vida e a relação afetiva com os livros, a escrita, a palavra e a literatura e o projeto “Palavras”, com lançamento de livros, recitais poéticos e encontros com autores e ilustradores e outras atividades.

Também será realizado um seminário chamado “Biblioteca: lugar de cultura, memória e diversidade” que deve refletir sobre a realidade das bibliotecas brasileiras em tempos de pandemia, literatura e representatividade indígena, literatura infantil e ancestralidade afro brasileira, dentre outros temas.  

Diversos nomes do campo das artes, do livro, da leitura, literatura, educação e do pensamento serão contemplados na programacão de abril: Tércia Montenegro, Adelaide Gonçalves, Nina Rizzi, Auritha Tabajara, Xico Sá, Mailson Furtado, Sandra Petit, Socorro Acioli, Claudiana Alencar, Miguel Leocádio, Almir Mota, Rafael Limaverde, Anna K, Talles Azigon, Elisa Machado, Muriel Cruz, Glória Diógenes e Márcio Sno.

Participaram da cerimônia virtual o Secretário da Cultura do Estado, Fabiano Piúba, a coordenadora de Política de Livro e Leitura da Secult, Goreth Albuquerque, a diretora da Biblioteca, Enide Vidal e a gestora executiva da Biblioteca, Suzete Nunes. A mediação do encontro ficou a cargo da coordenadora da comunicação da Secult, Ivna Girão. 

Para o secretário Fabiano Piuba, essa programação é apenas uma primeira porta aberta de diálogo no pensamento e na ação da Biblioteca para o fomento às artes e à cultura.

“Abril é um mês marcado com efemérides ao universo do livro e da leitura. Desde o dia 2, Dia Internacional da Literatura Infantil (nascimento de Hans Christian Andersen), passando pelo dia 18, Dia Nacional da Literatura Infantil (nascimento de Monteiro Lobato) até dia 23, Dia Mundial do Livro (em tributo a Miguel de Cervantes e William Shakespeare que faleceram nesta data). Portanto, é o mês do livro, da leitura, da literatura e do leitor. Então, nada melhor, mesmo que por meio digital, iniciarmos a reabertura da  Biblioteca Pública Estadual do Ceará. Essas atividades se apresentam como aquecimento para a reabertura física da Biblioteca. Que está toda linda e pronta para receber o público que irá usufruir de uma Biblioteca que articula as políticas de livro e leitura com ações culturais, educativas, acadêmicas em conexão com as cenas artísticas de nosso estado. Estamos apenas aguardando o momento adequado para a reinauguração dela, que será reaberta com toda segurança e medidas corretas em meio ao contexto da pandemia que estamos enfrentando”.

A biblioteca é um equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), gerido em parceria com o Instituto Dragão do Mar.

- Advertisement -spot_img

LEIA +

+RECENTES